Divulgar conteúdo
  • Login (atualize a página se necessário)
Maria Angélica Melendi, Altar em Tepito, México, DF
Fabíola Tasca, 1ª Polifônica de Diamantina, 2008
Alice Costa Souza, Diário da melancolia, 2003
Maria Angélica Melendi, Altar no Pátio Interior, México, DF
Sávio Reale, s/t
Maria Angélica Melendi, Altares de la Santa Muerte, México, DF
João Castilho, Tempero, 2009
Fabíola Tasca, 1ª Polifônica de Belo Horizonte, 2007
Maria Angélica Melendi, Santuário de Cromañón, Buenos Aires, Argentina
Lucas Delfino, Via Dolorosa (O Semeador), 2010

Rachel Falcão

Da série Labiríntimo, 2009

Da série Labiríntimo, 2009

Habita vida, 2000-2003

Rachel Falcão, Habita vida, 2000-2003

O Projeto HABITA VIDA é uma prática colaborativa que desenvolve ações no sentido de contribuir para a melhoria da qualidade visual, sensorial e vivencial da relação entre pessoas e espaço cotidiano e urbano público e privado, através de atividades educativas e de capacitação de grupos e comunidades, apoiadas em intervenções estéticas, artísticas, paisagísticas, arquitetônicas e urbanísticas no ambiente construído, realizadas a partir do resgate de técnicas tradicionais, da utilização de materiais alternativo

Habita Vida, 2000-2003

Rachel Falcão, Habita Vida, 2000-2003

O Projeto HABITA VIDA é uma prática colaborativa que desenvolve ações no sentido de contribuir para a melhoria da qualidade visual, sensorial e vivencial da relação entre pessoas e espaço cotidiano e urbano público e privado, através de atividades educativas e de capacitação de grupos e comunidades, apoiadas em intervenções estéticas, artísticas, paisagísticas, arquitetônicas e urbanísticas no ambiente construído, realizadas a partir do resgate de técnicas tradicionais, da utilização de materiais alternativo

Habita Vida, 2000-2003

Rachel Falcão, Habita Vida, 2000-2003

O Projeto HABITA VIDA é uma prática colaborativa que desenvolve ações no sentido de contribuir para a melhoria da qualidade visual, sensorial e vivencial da relação entre pessoas e espaço cotidiano e urbano público e privado, através de atividades educativas e de capacitação de grupos e comunidades, apoiadas em intervenções estéticas, artísticas, paisagísticas, arquitetônicas e urbanísticas no ambiente construído, realizadas a partir do resgate de técnicas tradicionais, da utilização de materiais alternativo

Voragem, 2006 (detalhe)

Rachel Falcão, Voragem, 2006 (detalhe)

Objeto criado para a exposição "Algumas Histórias do Brasil", que teve lugar no Museu de Arte Moderna Murilo Mendes, em Juiz de Fora, MG, em 2006.

Cada artista recebeu um poema de Murilo Mendes que versava sobre uma passagem da História do Brasil como ponto de partida para realizar seu trabalho. Este objeto foi criado a partir do poema "Os pombos do pombal". 

Venha a nós o vosso reino..., 2003-2005

Rachel Falcão, Venha a nós o vosso reino..., 2003-2005

Instalação sobre a Inveja, realizada, originalmente, para a exposição "7 Pecados", que foi apresentada na Galeria Hiato, em Juiz de Fora, MG, em 2003, e no Centro Cultural Pachoal Carlos Magno, em Niterói, RJ, em 2005.