• Login (atualize a página se necessário)
Lais Myrrha, Memorial do esquecimento (ação #2), 2002
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para tapar um buraco na mesa onde tomo café com uma imagem temática, 2008
Lais Myrrha, Compensação dos erros, 2007
Douglas Pego, Batom, 2010
Maria Angélica Melendi, Altar em Tepito, México, DF
Maria Angélica Melendi, Altares de la Santa Muerte, México, DF
Melissa Rocha, 2010, 2010
Douglas Pego, Grandes para Ver, 2009
Lucas Delfino, Projeto Memorial da Declaração dos Direitos Humanos, 2008-2009
Sávio Reale, s/t

Matriz Perdida Invertida I, 2010

Tales Bedeschi, Matriz Perdida Invertida I, 2010

Séria de gravuras realizadas na técnica matriz perdida.

Matriz perdida é uma técnica da gravura, na qual uma
mesma matriz dá origem a estampas diferentes mediante
uma ou mais etapas de gravação. Cada nova estampa
corresponde à perda da possibilidade de fazer uma nova
impressão da etapa anterior.
Um prédio retirado da paisagem configura uma
intervenção resultada da subtração linear da chapa de
madeira. As alterações na paisagem são
permanentes e irreversíveis.

AnexoTamanho
DSC_0002-sembordas.jpg7.11 MB
MPinvertida-VI-peq.jpg1.49 MB
MPinvertida-IV-peq.jpg1.5 MB