• Login (atualize a página se necessário)
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para plantar feijões que não nascem, 2008
Lais Myrrha, Teoria das bordas, 2007
Lucas Delfino, Desenho de Paisagem (homenagem a barba dos rabinos e dos prisioneiros), 2010
Sávio Reale, s/t
Fabíola Tasca, em obra project (2012-2016)
Sávio Reale, s/t
Lucas Delfino, Via Dolorosa (O Semeador), 2010
Maria Angélica Melendi, Santuário de Cromañón, Buenos Aires, Argentina
Tales Bedeschi, Linha curva da Terra, 2010
Hélio Nunes, Ainda dá para brincar de Malraux em 2008?

Matriz Perdida Invertida I, 2010

Tales Bedeschi, Matriz Perdida Invertida I, 2010

Séria de gravuras realizadas na técnica matriz perdida.

Matriz perdida é uma técnica da gravura, na qual uma
mesma matriz dá origem a estampas diferentes mediante
uma ou mais etapas de gravação. Cada nova estampa
corresponde à perda da possibilidade de fazer uma nova
impressão da etapa anterior.
Um prédio retirado da paisagem configura uma
intervenção resultada da subtração linear da chapa de
madeira. As alterações na paisagem são
permanentes e irreversíveis.

AnexoTamanho
DSC_0002-sembordas.jpg7.11 MB
MPinvertida-VI-peq.jpg1.49 MB
MPinvertida-IV-peq.jpg1.5 MB