Divulgar conteúdo
  • Login (atualize a página se necessário)
Alice Costa Souza, Diário da melancolia, 2003
Lucas Delfino, Via Dolorosa (O Semeador), 2010
Ines Linke, Fabíola Tasca, e Rodrigo Borges, Perímetro, 2005
João Castilho, Redemunho, 2006
Sávio Reale, s/t
Hélio Nunes, Ainda dá para brincar de Malraux em 2008?
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para tapar um buraco na mesa onde tomo café com uma imagem temática, 2008
João Castilho, Tempero, 2009
Rachel Falcão, Voragem, 2006 (detalhe)
Hélio Nunes, Ordenação empilhativa de “Liberdade – o homem nasceu para pensar”, 2012 [1962]