Divulgar conteúdo
  • Login (atualize a página se necessário)
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para tapar um buraco na mesa onde tomo café com uma imagem temática, 2008
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para plantar feijões que não nascem, 2008
Douglas Pego, Salto, 2008
Maria Angélica Melendi, Santuário de Cromañón, Buenos Aires, Argentina
Hélio Nunes, Theatrum Picturatum, 2009-2010
Sávio Reale, s/t
Tales Bedeschi, Das revoadas
Fabíola Tasca, 1ª Polifônica de Belo Horizonte, 2007
João Castilho, Linhas, 2008
Rachel Falcão, Venha a nós o vosso reino..., 2003-2005 (detalhe)

Fabíola Tasca

O universo da arte e os espaços urbanos

Casa Fiat, Divulgação mesa redonda O universo da arte e os espaços urbanos

Mesa redonda com Fabíola Tasca, Brígida Campbell e Rodrigo Freitas. Mediação: Rachel de Souza Vianna

Data: 11 de julho, 19h30

Local: Auditório Casa Fiat de Cultura (entrada gratuita sujeita à lotação do auditório – 200 lugares)

1ª Jornada de Arte e Cultura Contemporâneas da Escola Guignard - UEMG

, flyer_divulgacao_jornada_jappe_2.jpg

14 a 18 de maio, das 19 às 22h.

A Pós-Graduação da Escola Guignard - UEMG convida artistas, pesquisadores, profissionais e demais interessados nas interfaces entre arte, cultura e cidade, para um diálogo com o professor e pesquisador alemão Anselm Jappe, autor dos livros Guy Debord (1999) e As aventuras da mercadoria (2006).

Responsável pela edição de lançamento da Jornada de Arte e Cultura Contemporâneas, que terá como tema O legado e a atualidade do Situacionismo para a arte, Anselm Jappe nos propõe um programa de 5 encontros, que irão acontecer de 14 a 18 de maio, das 19 às 22h, no auditório da Escola Guignard.