• Login (atualize a página se necessário)
Sávio Reale, s/t
Douglas Pego, Batom, 2010
Maria Angélica Melendi, Santuário de Cromañón, Buenos Aires, Argentina
Hélio Nunes, Ainda dá para brincar de Malraux em 2008?
Ariel Ferreira, Paralaxe, 2006
Hélio Nunes, Ordenação empilhativa de “Liberdade – o homem nasceu para pensar”, 2012 [1962]
Lais Myrrha, pódio para ninguém, 2010
Douglas Pego, Capas para Convencer a Ler, 2007-2010
Fabíola Tasca, Parlatório, 2005
Lais Myrrha, Fachada subtraída / nº 02, 2004-2008

Ainda dá para brincar de Malraux em 2008?

Hélio Nunes, Ainda dá para brincar de Malraux em 2008?

acontecimento fotografia digital.

O Malraux pediu que lhe fizessem algumas fotos como esta enquanto estava em uma casa de veraneio:

Maurice Jarnoux,

E daí já dá para perceber sobre o que estou falando...