• Login (atualize a página se necessário)
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para plantar feijões que não nascem, 2008
Sávio Reale, Tapetes Pampulha (Coleção Pampulha)
Lucas Delfino, Desenho de Paisagem (homenagem a barba dos rabinos e dos prisioneiros), 2010
Clara Albinati, A Paixão Segundo, 2008
Sávio Reale, s/t
Adriano C. Gomide, Toque de Alvorada, 2012
Rachel Falcão, Habita Vida, 2000-2003
Maria Angélica Melendi, Santuário de Cromañón, Buenos Aires, Argentina
Hélio Nunes, Ordenação empilhativa de “Liberdade – o homem nasceu para pensar”, 2012 [1962]
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para criar buraco em sabão... dando razão àqueles que não consideram Dalí surrealista, 2011

Interstício, 2009

Alice Costa Souza, Interstício, 2009

Parte de Interstício iniciado em 2009, pedaços de roupas e tecidos brancos, palavras bordadas como manuscritos, luz branca.