• Login (atualize a página se necessário)
Ariel Ferreira, Paralaxe, 2006
Rachel Falcão, Da série Labiríntimo, 2009
Douglas Pego, Capas para Convencer a Ler, 2007-2010
Alice Costa Souza, Urgências do Presente
Ines Linke e Louise Ganz, Percursos, 2007
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para fazer cartões de aniversário, 2008
Lais Myrrha, por um fio, 2010
Sávio Reale, s/t
Lais Myrrha, pódio para ninguém, 2010
Lais Myrrha, Uma biblioteca para dibutade I, 2006

(Para que serve a pintura?) Para plantar feijões que não nascem, 2008

Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para plantar feijões que não nascem, 2008

aquarela, algodão e feijões pretos em potinhos bonitinhos, 3,6cm Φ cada um.

Exatamente isso, nem mais nem menos: peguei minhas melhores tintas, coloquei com água em potinhos, deitei os feijões, aguei e os feijões não nasceram. Experimento típico... Depois me disseram que tinha que ficar no escuro. Mas aí não é pintura... Tem pintura no escuro?