• Login (atualize a página se necessário)
Hélio Nunes, Ainda dá para brincar de Malraux em 2008?
Tales Bedeschi, Matriz Perdida Invertida I, 2010
Fabíola Tasca, Parlatório, 2005
Douglas Pego, Caras para Ler, 2010
Ariel Ferreira, Hermes, 2008
João Castilho, Redemunho, 2006
Alice Costa Souza, Diário da melancolia, 2003
Alice Costa Souza, Interstício, 2009
Sávio Reale, s/t
Hélio Nunes, Ordenação empilhativa de “Liberdade – o homem nasceu para pensar”, 2012 [1962]