• Login (atualize a página se necessário)
Lais Myrrha, Bestiário, 2005
Melissa Rocha, Projeção Luz, 2008
Hélio Nunes, Ordenação empilhativa de “Liberdade – o homem nasceu para pensar”, 2012 [1962]
Hélio Nunes, (Para que serve a pintura?) Para criar buraco em sabão... dando razão àqueles que não consideram Dalí surrealista, 2011
Douglas Pego, Grandes para Ver, 2009
Rachel Falcão, Venha a nós o vosso reino..., 2003-2005
Lucas Delfino, Notas de Viagem, 2010
Rachel Falcão, Venha a nós o vosso reino..., 2003-2005 (detalhe)
Fabíola Tasca, Primeira Pessoa, 2010
Maria Angélica Melendi, Altares de la Santa Muerte, México, DF

Onde e quando a obra acontece: a “forma-trajeto”